Saiu na mídia: Instituições de ensino estão cobrando acima da inflação

Sergio Fiuza

A pesquisa Panorama do Ensino Superior Privado do Brasil realizada pela Quero Educação, foi divulgada recentemente pelo portal G1, em matéria que teve como foco o aumento das mensalidades de instituições de ensino superior em relação à inflação sofrida pelo setor.

 

Na última quinta-feira (18 de outubro) aconteceu o evento Quero Captação em São Paulo.

O evento teve como objetivo reunir cerca de 300 instituições de ensino para um dia inteiro de conteúdo atual sobre o setor educacional e, a equipe do portal G1 esteve presente para cobrir o evento e entrevistar os participantes.

Entre os assuntos abordados, foi citado o aumento de preços das mensalidades em instituições de ensino superior em comparação ao aumento da inflação.

 

Pesquisa exclusiva sobre a inflação do setor educacional

 

panorama do ensino superior

 

A Quero Educação, por ter a capacidade de agregar dados sobre o mercado de educação superior, publica anualmente relatórios ricos em detalhes sobre o setor, segundo o Índice Nacional de Preços de Mensalidades – Quero Bolsa (INPM-QB), que leva em consideração o preço de tabela dos cursos, antes de qualquer desconto, no acumulado de 12 meses.

A edição 2019 do Panorama do Ensino Superior Privado divulgado para o mercado apresenta os resultados de duas pesquisas de mercado feitas pela Quero Educação no segundo semestre, uma com alunos e outra com instituições de ensino, ambas de todo o Brasil.

O site Quero Bolsa é um portal marketplace que reúne mais de 1300 IES parceiras no país, que representam mais de 80% da captação nacional. A agregação dos usuários em um portal único de buscas permite a coleta de informações valiosas sobre o comportamento dos leads.

 

A inflação do setor educacional

 

panorama do ensino superior

A pesquisa foi divulgada recentemente pelo portal G1, em matéria que teve como foco o aumento das mensalidades de instituições de ensino superior em relação à inflação sofrida pelo setor.

É perceptível, através do relatório, que a modalidade presencial de ensino sofreu um aumento é de 6,3% e no ensino à distância (EaD), de 7,7%. De acordo com a pesquisa Índice Nacional de Preços de Mensalidades – Quero Bolsa (INPM-QB), os valores estão acima da inflação, que é de 1,8%.

A pesquisa também aponta que esta foi a primeira alta superior ao do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) desde 2016.

Entre as mensalidades separadas por categorias de cursos, as áreas de Ciências Sociais, Matemática, Computação e Pedagogia e Licenciaturas registraram inflação nominal acima de 10% na modalidade presencial. Já as áreas de Engenharia, Produção e Construção apresentaram um aumento de 10% na modalidade EaD.

 

Perspectiva sobre o setor educacional

 

panorama do ensino superior

Pedro Balerine, Diretor de Inteligência da Quero Educação, afirmou ao portal G1 que esse aumento nos preços das mensalidades é comum, visto que houve uma recente melhora na economia e portanto recuperação da demanda.

 

Ficou curioso para saber mais sobre o Panorama do Ensino Superior 2019? Acesse o artigo diretamente do portal G1.

 

 

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Saiu na mídia: Instituições de ensino estão cobrando acima da inflação

Tempo de leitura: 2 min