Radar da educação: corte de verbas pelo MEC

Avatar

Capes suspende bolsas de mestrado e doutorado; pesquisadores da USP e UFSCar alertam sobre risco de corte de bolsas; ministro usa chocolates para explicar bloqueio no orçamento e Toffoli mantém veto a honorários com dinheiro do Fundeb

Capes suspende concessão de bolsas de mestrado e doutorado

Imagem: TV Globo

imagem do prédio da Capes

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) informou nesta quarta-feira, 08, a decisão de suspender a concessão de bolsas de mestrado e doutorado. Contudo, o número total de bolsas e valor congelado não foi divulgado.

Em nota, a Capes diz que o sistema para geração de folhas de pagamento “permaneceu fechado para ajuste da concessão de bolsas” neste mês. Isso significa, na prática, o “recolhimento de bolsas que estavam à disposição das Instituições”.

Leia mais AQUI

Ao lado de Bolsonaro, ministro usa chocolates para explicar bloqueio no orçamento das universidades federais

Jair Bolsonaro e Abraham Weintraub em live

Foto: Reprodução

Em transmissão ao vivo ao lado do presidente Jair Bolsonaro, na última quinta-feira, 09, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou chocolates para explicar o bloqueio no orçamento de todas as universidades e institutos federais, anunciado na semana passada.

De acordo com nota divulgada pelo MEC, o bloqueio atingiu 3,4% do orçamento total das universidades federais. Na transmissão, Weintraub colocou sobre a mesa 100 chocolates e separou três e meio para explicar o bloqueio.

Leia mais AQUI 

Toffoli ajusta decisão e mantém veto a honorários com dinheiro do Fundeb para ações coletivas

Dias Toffoli

Foto: Nelson Junior

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, fez ajustes na decisão que barrou o pagamento de honorários de advogados com verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

O ajuste foi feito para esclarecer que o veto vale para ações coletivas, e que não atinge decisões com trânsito em julgado que já reconheceram o pagamento aos advogados contratados pelos entes públicos.

Leia mais AQUI

Pesquisadores da USP e da UFSCar alertam que corte de bolsas vai prejudicar a ciência e o país

Foto: Reprodução/EPTV

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e da Universidade de São Paulo (USP) temem pelo futuro da ciência e acreditam que o corte das bolsas de mestrado e doutorado feito pelo Ministério da Educação vai prejudicar desenvolvimento do país, causando danos irreversíveis.

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) cancelou as bolsas que eram de alunos que tinham acabado de entregar seus trabalhos e que estavam disponíveis para novos alunos.

Leia mais AQUI

Quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mercado educaciobal? Acompanhe nosso blog.

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...

Radar da educação: corte de verbas pelo MEC

Tempo de leitura: 2 min