Criador de modelo inovador de graduação vem ao maior evento de gestão educacional do Brasil

Pedro Balerine

Jeremy Rossmann, criador de modelo de graduação com pagamento após a formatura,  será um dos palestrantes do maior evento do mercado educacional B2B do Brasil

Tornar o ensino de tecnologia inovador, prático e democrático foi o objetivo do norte-americano Jeremy Rossmann ao criar a Make School, instituição de ensino sediada em São Francisco. O projeto é a combinação de um bootcamp de curto prazo e de uma universidade tradicional de quatro anos. Isso resultou em uma formação de engenheiros de softwares preparados para o mercado, em apenas dois anos. 

Para compartilhar essa bagagem com o mercado educacional brasileiro, o empreendedor desembarca pela primeira vez no Brasil para 4ª edição do Quero Captação, O evento é destinado a discutir a formar um ecossistema cada vez mais ativo no país. Ele falará sobre as inovações do ensino superior, mostrando como isso impacta o ecossistema global de educação. Além disso, abordará as tendências que podem chegar ao Brasil.

Também estarão presentes no evento nomes como o empreendedor Ricardo Amorim, o filósofo Luiz Felipe Pondé e Ari de Sá Neto da Arco Educação.

Jeremy Rossmann, fundador da Make School olha para a câmera e sorri.

Ensino conectado ao mercado

O objetivo da Make School é que formar profissionais preparados para trilharem uma carreira em empresas como Facebook, Tesla, Google e Nasa. Segundo Rossmann, não existe nenhuma escola onde os estudantes tenham um ambiente direcionado a projetos como o da instituição.

“O que realmente chama atenção para nossos alunos no mercado de trabalho é que eles têm um portfólio incrível. Afinal, nosso programa é  baseado em projetos reais”, afirma o fundador e CEO da Make School.

A grade aplicada pela edtech funciona da seguinte forma: os alunos têm aulas técnicas quatro dias por semana e teóricas uma vez na semana. Eles constroem e lançam produtos e, todas as sextas-feiras, têm disciplinas como história, filosofia e ética.

 Graduação inovadora

Mas não é só a base de ensino que é inovadora na Make School. Outro ponto alto da escola é que os alunos não pagam nada até conseguirem um emprego. “As universidades são caras e não se arriscam muito, enquanto os alunos possuem dívidas enormes. Minha motivação foi, portanto, mudar essa questão estrutural . A Make School abraça diferentes níveis sociais e amplia o acesso a uma boa educação. Criamos um cenário onde escola é quem corre o risco, e não o aluno”, destaca Rossmann.

Jeremy Rossmann, fundador da Make School

Contexto brasileiro

Quando questionado sobre quais conselhos daria para os educadores brasileiros, o CEO da Make School diz que o essencial é se basear em um sistema que estimule a instituição estar a serviço dos estudantes.

Em vez de debater sobre quem está certo entre um intelectual com uma ideologia e outro intelectual com outra ideologia, eu acho que você deve ter a perspectiva de que a educação é um produto. E esse produto precisa ser projetado para ter o melhor valor e o melhor serviço para os alunos. Quem pensar dessa forma irá adotar as melhores práticas que surgem na criação dos melhores produtos. Por isso, é importante obter feedback com frequência e consistência, não deixando que sua ideologia seja mais forte do que o feedback que você recebe”, pontua.

O Quero Captação é um evento realizado pela Quero Educação, plataforma completa de serviços para o mercado educacional. As inscrições para o evento estão abertas e podem ser efetuadas no site: querocaptacao.com.br

Sobre o Quero Captação

Um dos maiores eventos do mercado educacional B2B brasileiro chega a sua quarta edição. Em 25 de outubro, no Expo Center Norte, diversos gestores do Ensino Superior, Educação Básica, membros de departamentos de Marketing, Captação, Finanças e Atendimento.  

Para mais informações, clique no banner abaixo:

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Criador de modelo inovador de graduação vem ao maior evento de gestão educacional do Brasil

Tempo de leitura: 3 min