Captação e retenção de alunos em outro nível: como o Instituto LeaNorte cresceu 58 vezes em três anos

Sergio Fiuza

Agora, a LeaNorte também integra um novo produto que abarca admissão digital + gestão das mensalidades, sem deixar de lado a captação e retenção de alunos

Com cursos de graduação e pós-graduação em áreas de educação, gestão e direito, voltados para melhoria de processos e desenvolvimento profissional, o Instituto Superior de Ensino LeaNorte – ISEL nasceu em 2016, após a volta de Levi Guimarães da Europa. Levi é diretor geral da instituição, localizada em Manaus – AM e doutor em engenharia industrial e sistemas.“Eu imaginei que iria conseguir um emprego como professor, pesquisador, cientista em alguma instituição de ensino privada ou pública. Cheguei em um momento de crise, em janeiro de 2016. Eu tinha como plano B montar uma instituição de ensino, no futuro, mas acabou que esse plano B virou um plano A, um empreendedorismo de oportunidade que virou de necessidade e, foi então, que criamos a LeaNorte”, conta Levi Guimarães.

Com apenas três anos de história, a LeaNorte potencializou muito a captação e retenção de alunos  através do Quero Bolsa. O número de alunos cresceu 58 vezes. “Começamos com uma salinha de 12 alunos e, hoje, temos mais de 700”.

Ademais, com duas unidades na cidade de Manaus – AM, a instituição oferece 14 cursos de graduação nas modalidades semipresencial e presencial, além de diversos cursos de MBA, Mestrado e Doutorado.

 

 

O começo da história

Começar uma instituição de ensino do zero não foi tarefa fácil, entretanto, com a ajuda do Quero Bolsa, a captação e retenção de alunos da instituição foi otimizada. “Naquele momento, o maior desafio era captar alunos. Imagina! Uma instituição nova, que ninguém conhecia ou sabia  de onde veio. Tanto é que os primeiros alunos eram meus amigos”, conta Levi.

Foi aí que, afinal, o diretor do instituto percebeu que poderia contar com o Quero Bolsa. “O nosso grande desafio era visibilidade, os alunos saberem que nós existíamos na cidade de Manaus e oferecíamos um produto de qualidade, com preço diferenciado. O Quero Bolsa ajudou muito, porque a divulgação é muito maior com vocês”.

Entenda como utilizar o marketing de conteúdo para captar alunos

Quero Alunos Premium

A parceria entre Quero Bolsa e LeaNorte começou em 2017 e, desde então, tem sido um sucesso. Em maio de 2018 a instituição aderiu ao Quero Alunos Premium, novo produto da Quero Educação que conjuga a admissão digital e gestão financeira da universidade, otimizando, também, a captação e retenção de alunos. “Hoje temos um problema muito grande, que acredito ser de todas as instituições de ensino: a inadimplência. O que para mim foi uma sacada de vocês (Quero Bolsa) foi operacionalizar todo o processo do aluno. Gerar o boleto por lá (plataforma), fazer a matrícula por lá, realizar a cobrança. Achei a sacada muito boa, até porque essa não é a minha expertise. Eu não estou lá para cobrar aluno. O nosso negócio é dar aula e formar o profissional”.

Ademais, com o Quero Alunos Premium a Quero Educação faz a gestão de todo o processo que não seja o pedagógico, desde a admissão, que é feita digitalmente, ao pagamento das mensalidades.

 


 

Upgrade na captação e retenção

Em um contexto de crise é preciso, constantemente, repensar as estratégias de captação e retenção de alunos. Contudo, com tantas preocupações, como a qualidade pedagógica, avaliação dos alunos e da instituição, competitividade frente a concorrência, é difícil, também, manter o aluno adimplente e motivado. Pensando nisso, o Quero Alunos Premium também oferece um seguro para o aluno desempregado. Para Levi Guimarães, esse é o ponto para diminuir, de fato, a inadimplência.

Com a crise que se instalou no país, o índice de desemprego aumentou bastante. O Quero Alunos Premium temos o seguro educacional e isso acaba segurando o aluno no curso. É um suporte para o aluno conseguir continuar a estudar e ir atrás de emprego até conseguir e voltar a pagar. Então, acho que isso é um grande diferencial para quem está do outro lado, no caso, nós, gestores de instituições”, conclui.

Conheça também as 5 estratégias que garantem a retenção de alunos

 

Planos ambiciosos

Com a ajuda do Quero Bolsa, a projeção de crescimento da LeaNorte é otimista. Em detalhes…

2020: pretendem se tornar uma faculdade;

2023: a meta é virar um centro universitário;

2028: se tornar uma universidade.

 

Educação com propósito

Quem disse que educação de qualidade é só para quem pode pagar muito? Na LeaNorte o lema é outro. “A nossa missão é democratizar o ensino superior. Ser uma via para aquele aluno que nunca imaginou fazer uma graduação e, muito menos, uma pós. Realizarmos esse sonho, com aquele preço que cabe no bolso e, quem sabe, contribuirmos para uma promoção desse aluno, ou despertar nele o interesse de ser um empreendedor. Essa é nossa missão”.

A LeaNorte tem se fortalecido, cada vez mais, como uma referência em instituição de ensino superior na região norte do país, afinal, afinal, por lá há uma preocupação genuína com a pedagogia e o sucesso profissional do aluno. “A maior parte dos nossos professores são mestres e doutores formados fora do país. Temos, também, uma metodologia chamada de aprendizado baseado em problemas, em que trazemos cases de empresas para os alunos resolverem com as ferramentas que eles aprendem dentro da grade curricular”.

Em síntese, essa é uma  prova de que planejamento, estratégia e persistência pode levar a sua IES para outro patamar.

 

Saiba também como o modelo americano de ensino superior pode transformar a sua IES

 

O que achou dessa história de sucesso? Serviu de inspiração para a sua IES? Conte pra gente nos comentários!

Aqui no nosso blog oferecemos outros artigos que podem te ajudar a ter insights mais inspiradores para a sua IES. Não deixe de assinar nossa newsletter, para não perder nenhuma novidade.

 

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

Captação e retenção de alunos em outro nível: como o Instituto LeaNorte cresceu 58 vezes em três anos

Tempo de leitura: 4 min