6 ferramentas eficazes para coletar feedback dos alunos

Patrick Caldas

Entenda de forma palpável como coletar feedback dos alunos e otimizar os resultados da sua instituição de ensino

Coletar feedbacks é fundamental na gestão de qualquer instituição de ensino. Afinal, é um recurso muito valioso para medir a satisfação do seu público, além de compreender as forças e fraquezas da sua instituição. No fim das contas, a satisfação dos alunos é o que diferencia uma instituição da concorrência.

Sendo assim, o feedback dos alunos deve ser coletado desde o primeiro atendimento e manter-se constante durante todo o curso, no processo de pós-vendas.

A seguir, conheça as ferramentas disponíveis para coletar feedbacks.

uma mão segura um cartão de visitas com o desenho de uma carinha feliz, simbolizando um feedback posisitivo

1. Pesquisa de satisfação

Elaborar uma pesquisa de satisfação que seja eficaz não é uma tarefa simples. Afinal, requer um planejamento prévio, estudo da situação e a definição do real objetivo da pesquisa.

São diversas as perguntas que podem ser direcionadas aos alunos, mas um questionário muito longo e demorado pode criar um efeito negativo. Dessa maneira, a definição das perguntas certas e da abordagem que será feita é muito importante.

O questionário deve ser inteligente e conter tanto questões abertas quanto objetivas, como as de escalas de classificação. Dessa maneira, perguntas complexas e de entendimento duvidoso devem ser evitadas.

A melhor forma de aplicar uma pesquisa de satisfação é contratando profissionais especializados. Além disso, há diversas maneiras de aplicar uma pesquisa, como uma abordagem presencial no campus da universidade, questionário durante a rematrícula e formulário no site da instituição.

2. Canais de atendimento e ouvidoria

Disponibilizar canais de atendimento específicos para que o aluno entre em contato para fazer uma reclamação ou sugestão é essencial.

Muitas vezes, o aluno tem o desejo de conversar sobre um problema ou situação, mas não encontra meios de contatar a gestão da universidade.

Ter canais de comunicação específicos para isso, como é o caso da ouvidoria, é uma forma de gerar sentimento de confiança e segurança no aluno. Vale lembrar que tais canais de precisam ser divulgados para o público interno da instituição.

Diversos pontos de interrogação dispersos em um fundo preto, com alguns deles em vermelho, o que simboliza dúvidas.

3. E-mails personalizados

O e-mail é uma ferramenta muito poderosa para a gestão de uma universidade. Em síntese, é um meio muito utilizado para as mais diversas esferas da comunicação. Além disso é possível promover um relacionamento mais pessoal e personalizado.

Além de utilizá-lo como ferramenta de divulgação de cursos, serviços e eventos, através de newsletter e e-mail marketing, a gestão da instituição pode enviar um email específico para coletar feedback dos alunos.

É um método rápido e confortável para o aluno, que recebe o e-mail em seu endereço eletrônico e responde de forma privativa e no momento que preferir.

4. Mídias sociais

As mídias e redes sociais desempenham um papel muito importante na atualidade. Através de uma análise constante das redes, é possível identificar o que o público pensa sobre a instituição de ensino.

Há as formas mais diretas e objetivas de análise, como as escalas de classificação disponíveis nas páginas de redes sociais, como o Facebook. Também existem as formas mais indiretas, como a análise de reações, comentários, compartilhamentos e curtidas/descurtidas. As próprias estatísticas das mídias sociais servem como uma forma de feedback geral do público.

É possível, também, criar formas interativas – e até divertidas – de se coletar feedback dos alunos, como a criação de enquetes, por exemplo.

5. Clipping de mídia

Coletar as informações disponíveis sobre sua instituição na mídia – e também na internet – é uma excelente forma de verificar o que o público acha. Assim é possível verificar o que está sendo divulgado sobre ela.

Desde os meios tradicionais aos blogs disponíveis na internet, as informações sobre sua instituição, além de mostrarem o que o público diz sobre sua instituição, influenciam, e muito, na tomada de decisão de potenciais alunos.

Uma dica é pesquisar sobre sua instituição de ensino no Google, e analisar os resultados obtidos.

6. Marketplace

O último item dessa lista, mas que possui um dos maiores potenciais para coletar feedback dos alunos é o Marketplace.

Através dessas plataformas, o aluno em potencial busca informações e dados relevantes sobre as instituições de ensino e usa-os como critério de comparação entre a concorrência.

No Quero Bolsa, a maior plataforma de marketplace educacional do Brasil em número de visitas, é possível de encontrar dados específicos sobre cada instituição. Dentre eses dados destacam-se: nota do MEC, tamanho, escala de preço e concorrência por curso. O aluno pode publicar a sua opinião e avaliação sobre a universidade e compartilhar suas experiências.

Para as instituições parceiras, é uma excelente ferramenta para coletar feedback dos alunos, sem custo.

Clique aqui e confira o ranking de notas do Quero Bolsa em São Paulo. Abaixo, você confere alguns feedbacks obtidos pela universidade mais bem avaliada em São Paulo:

 

Para saber mais sobre esse assunto e como destacar a sua IES nas plataformas de Marketplace, sugiro a leitura desses dois artigos:

imagem com a página de ranking de faculdades do Quero Bolsa

Conslusão

Agora que você já sabe como coletar feedback dos alunos para uma instituição de ensino, comente aqui o que achou sobre esse artigo. nos deixe, também, o seu feedback. Se preferir, entre em contato, gratuitamente, com um de nossos especialistas.

Se deseja receber periodicamente conteúdos valiosos e importantes, como os deste artigo, não deixe de assinar a nossa newsletter. É prático, rápido e gratuito! Conteúdos relevantes na comodidade de seu e-mail.

 

Muito RuimRuimRegularBomMuito Bom (média: 5,00)
Loading...

6 ferramentas eficazes para coletar feedback dos alunos

Tempo de leitura: 4 min